Impessoal e Transmissível

Humor e devaneios pessoais

O Porto Canal

Surgiu, parece que há cerca de um ano, uma plataforma de televisão regional, julgo que uma das primeiras no género em Portugal: O Porto Canal. “Televisão à moda do Porto” é o slogan. Será que este é um canal genuíno, sem pêlo na venta, arrojado, como as gentes do Norte? No que elas têm de melhor, bem entendido. Mas não! Algumas das ideias até não são más mas o resultado final prima e muito pelo amadorismo típico de quem se inicia nestas coisas. Um dos exemplos, é um programa chamado “Mentes que brilham”, destinado a divulgar o que se vai fazendo nos meios académicos e científicos do Grande Porto. O título é bom. Mas o apresentador é mau: ausência de perspicácia, e depois não tem a mínima noção do que é orientar entrevistas com científicos em que se deve atacar sempre pelo lado prático da questão. Ora este senhor deixa o entrevistado palrar, palrar, até mais não. Ontem um académico da FEUP esteve a dissertar sobre eléctrodos uma quantidade infima de tempo. Obviamente, que o espectador não tem paciência para este género de televisão. Mais: a dada altura o entrevistador com um ar de quem se julga o maior, como se estivesse a tirar uma grande cartada, dispara:”então e o financiamento do projecto?”. Outro pormenor: durante o programa inteiro, podia ler-se em oráculo: “Dr. Carlos Fonseca- Eng Químico FEUP”. Que provinciano, no mínimo. E by the way, os oráculos não são para ficar permanentemente no ecrã.
Há também uma espécie de tertúlia cor de rosa, em que dois pivots, um deles é uma espécie de Cláudio Ramos do Porto, fazem comentários sobre o que vai saindo nas revistas do género. A imbecilidade do senhor é tanta que ao pé dele o Cláudio Ramos é uma sumidade intelectual.
Antes, um programa de tarot. Mas atenção que o espectador que liga, só pode colocar uma questão à taróloga que atende pelo epíteto de “Dra Íris”, fabuloso! Vê-se que a dita senhora deve ter andado a tirar um curso de tarot por correspondência e não se sente minimamente à vontade na tarefa. É ver os cartomantes das televisões espanholas e aquilo sim é espectaculo televisivo: “Cojones, tu marido te trae con una puta y tu no haces nadíe”.
Apesar de tudo, um apontamento positivo para o programa “Consultório” em que os telespectadores podem tirar dúvidas sobre saúde com especialistas convidados. O apresentador é equilibrado q.b.

Anúncios

Julho 15, 2007 - Posted by | Media Crítica

8 comentários »

  1. Hoje há já 2 canais… o Porto canal (Tv Cabo) e a Invicta TV (TvTel)… mas não posso dizer nada. Apesar de viver no grande Porto e ter televisão por cabo, a empresa a quem compro o serviço, diga-se Cabovisão, não tem nehum dos canais na sua grelha. Os pedidos são às centenas e já dos tempos da NTV, mas como não há nada… não posso comentar! 🙂

    Comentar por bc23 | Julho 15, 2007 | Responder

  2. Relativamente ao Sr. Imitação Cláudio Ramos, prefiro não fazer comentários. Seja o Cláudio Ramos, seja aquela bicha buçal, programas sobre vidas alheias de pessoas supostamente famosas, não são( nem serão) nada de fantástico.
    O resto é verdadeiramente neandertal. Um Joaquim com um bigode ridiculo, passeia-se pelas rua típicas da cidade, entrevistando gentes da populaça. Ele nasceu para ser actor porno e não reporter de rua. Não tem noção do que é postura para uma câmara e quando fala, bem, de fugir. Flash tv, matem-me aquele freak, por favor. Ele é nocivo para a saúde pública.
    Enfim, é tudo muito medíocre e não merece que percamos o nosso tempo. Tens toda a razão.

    Comentar por Paulo Ribeiro | Julho 15, 2007 | Responder

  3. Olá SA
    Só pra avisar que tou de volta! Com muito gosto! E que tenho um post tamanho camião com novidades…

    Gostei do chillout!

    Baci

    Comentar por Morsa | Julho 15, 2007 | Responder

  4. ò paulo e aquela abécula que já entrou num big brother e que faz uma rubrica de discos pedidos. não sei porque mas o homem fala sempe como se sofresse de dispepsia, isto para ser meiga e não dizer “caganeira” (aí o nível)…

    Comentar por sa | Julho 16, 2007 | Responder

  5. Quem? Nunca vi o BB e desconheço os caracters. Conta-me, vá lá, LOL.

    Comentar por Paulo Ribeiro | Julho 16, 2007 | Responder

  6. Não conheço…
    É pena! 🙂
    Abraço!

    Comentar por G | Julho 17, 2007 | Responder

  7. Falar….Falar…
    É a coisa mais fácil do Mundo….
    Certo é que as opiniões são como o orgão genital masculino (cada Homem tem “uma”), mas parece-me que gastam tempo demais a engrossar a audiência de um canal que afinal não gostam…
    Ou será que a TVI é vista por milhões de “haters”???

    O q é certo é q quem não percebe NADA do assunto a primeira coisa q faz é mandar bitaites…
    O canal continua no ar…
    Os cães ladram e a caravana passa….

    Comentar por saneffas | Setembro 4, 2007 | Responder

  8. já o disse por mensagem,fico desgostoso pelo falta de qualidade do programa CHA ´´e uma vergonha para além de terem acabado com dois programas TRIBUNA LIVRE e SOZINHA NA CIDADE, os produtores do PORTO CANAL desconhecem o que é fazer televisão para o público não brinquem com a comunicação social.

    Comentar por manuel de sousa | Setembro 11, 2008 | Responder


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: